Home Catálogo Editora Na mídia Originais Lista de preços Escritório do editor Contato Compra de livros Escritório do editor Escritório do editor Fricções Siga a Ficções no Twitter
Ficções Editora
C A T Á L O G O

EXERCÍCIOS ILUSÓRIOS
OSVALDO RODRIGUES
Romance


ISBN: 9788562226113
Formato: 16 X 23 cm
Páginas: 112
Ano: 2011
Peso: 225 gr
Capa: Laminação fosca + UV
Projeto gráfico: Alonso Alvarez
Capa
PREÇO DE CAPA:

(versão papel): R$ 34,90

Comprar já!



LEIA O PRIMEIRO CAPÍTULO
IMAGENS DA CAPA: FRENTE | 4ª CAPA | ABERTA
SOBRE O AUTOR

Bookmark and Share



svaldo Rodrigues ouve atentamente as histórias que lhe foram contadas por Ludoman Orni enquanto tomavam várias cervejas. Através dos sons dos relatos de Ludoman, o autor viaja juntando fragmentos da realidade e fantasias. A vontade do seu personagem de transformar-se em escritor faz do autor um caçador de seres bizarros, sensíveis, imaginários, amargos, como ele mesmo, mas, sobretudo, humanos.
Ludoman certamente tem medo de escrever suas quatro histórias previamente concebidas em sua memória e, para que isso aconteça, começa por criar pequenos textos que descreve como exercícios ilusórios. Nessas curtas histórias, Ludoman solta sua imaginação, fundindo realidades e utopias, ao mesmo tempo em que relata a história de sua vida.





SINOPSE


 
ATRAVÉS DOS SONS DOS RELATOS DE LUDOMAN, O AUTOR VIAJA JUNTANDO FRAGMENTOS DA REALIDADE E FANTASIAS.
 

udoman Orni é um homem amargo. É como uma cerveja strong bitter diante de um paladar sensível: não é para iniciantes, é difícil de tragar. Mas há os insistentes, os curiosos que tentam domar a eloquência trapaceira do álcool. Para esses, Ludoman revela: não acredita que a vida seja tão ruim, mas considera que é foda viver. Então decide proteger os flancos, armar a retaguarda: cria seus exercícios ilusórios. Em um deles, visita uma indústria ruidosa. De posse de um protetor auricular, o mundo emudece, e é nesse silêncio que Ludoman deseja submergir, é na calmaria que se encontra o seu paraíso. Ou na falta de razão. Em outra manobra, Ludoman pondera que a saída talvez esteja na deformação: os protetores auriculares permitem o surgimento de outros sons, os óculos concebem uma nova visão – a própria língua é apenas um artifício para o devaneio.
Assim, Ludoman concebe seus devaneios como aplicações de uma teoria elaborada por ele mesmo para ser aplicada em um único caso: o seu próprio. Um processo de sobrevivência, de adaptação. O ilusionista exerce o direito de sonhar com uma realidade idealizada por sua doutrina imaginária, testando, de antemão, a capacidade de ser feliz neste mundo inesperado e, paradoxalmente, irremediavelmente, solitário. Ludoman é um vendedor, um excelente vendedor, com um produto sem valor comercial, sem préstimo para a sociedade que julga Ludoman, de maneira que ele é obrigado a recorrer ao artifício da farsa: vender não é justamente enganar? Ludoman é o vendedor de uma invenção que só tem serventia para si mesmo, que soluciona um único problema: o seu.
Tudo é pista neste romance de Osvaldo Rodrigues, tudo é embuste: o escritor é expert nesta peleja. Osvaldo, poeta calejado, que publicou seu último livro em 1985, um petardo poético intitulado Fôlego, cochicha para o Osvaldo romancista: metáfora, Ludoman, retoma aqui também a metáfora. Então, leitor, não se iluda: nada neste livro é gratuito, a diversão tem um preço, não se esqueça: nosso protagonista é um vendedor, um vendedor experiente. Acho que já me entenderam, não? Então, vamos domesticar essa strong bitter metafórica, essa Pale Ale ilusória.
Diante de tanta técnica, de tanto recurso, só me pergunto uma coisa: por que é que Osvaldo Rodrigues demorou tanto tempo para publicar outro livro?





ORELHAS
A Pale Ale metafórica
Whisner Fraga, escritor


 
TUDO É PISTA NESTE ROMANCE DE OSVALDO RODRIGUES, TUDO É EMBUSTE: O ESCRITOR É EXPERT NESTA PELEJA.
 

m 1976, o poeta, es­critor e microempresário Osvaldo Rodri­gues já tinha poemas publicados. Em seguida vieram os livros: Voo singular (1979), Mascando esperanças com dentes de vidro (1983) e Fô­le­go (1985). Trinta e cinco anos depois, ele decidiu ampliar seu campo de criação e acaba de lançar o primeiro romance, Exercícios ilusórios (Ficções, 2011, 112 páginas, R$ 34,90).
O romance narra as peripécias de Ludoman Orni, homem de nome sugestivo, que deixa sua vida burocrática num escritório de vendas de produtos médico-hospitalares para vender ilusões. A premissa é boa, e a primeira parte do romance consegue passar uma ótima impressão. Ludoman ainda trabalha como vendedor desses produtos enquanto se exercita na arte de iludir, partindo da elaboração de textos ilusórios. A ideia é fazer nascer dali uma realidade. O real nisso tudo é que a literatura vende ilusões. Além disso, todos sabemos que a palavra é a matéria-prima de muitos produtos, não só da arte, mas da política e da publicidade também, só para citar os exemplos mais óbvios.
A medicina é outra que usa bastante a palavra para vender produtos ilusórios. Os médicos são grandes mestres do verbo como instrumento de eficácia na embromação de pacientes. Tudo isso é suscitado como debate e sugerido na escrita de Rodrigues.
Dividido em duas partes, ainda na primeira, ao se exercitar, Ludoman escreve uma série de textos que dão vida ao acervo de ilusões. No primeiro teste, por exemplo, ele oferece um par de óculos a um homem, convencendo-o de que são lentes mágicas, por meio das quais podia-se ver o pensamento da pessoas.






CRÍTICA
FRACASSO E FULGOR EM EXERCÍCIOS ILUSÓRIOS
Em seu primeiro romance, o poeta Osvaldo Rodrigues faz um exercício criativo e interessante de invenção e crítica
Gilberto G. Pereira | Tribuna do Planalto, 17/07/2011


 
EXERCÍCIOS ILUSÓRIOS VALE PELO RITMO E PELA DANÇA DAS PALAVRAS NA TESSITURA DAS CENAS
 

Reprodução





Entrevista
Rádio UFMG Educativa
Falando de livros

Reprodução



FOTOS DO LANÇAMENTO

Na Livraria da Vila Lorena - São Paulo - SP
Dia 28 de junho de 2011, 19h

E conversa com o autor na Biblioteca Solidária, São Francisco Xavier, 30 de julho.

> Clique aqui para ver as fotos no FaceBook


Leia um trecho do livro


LEIA UM TRECHO DO LIVRO
Arquivo PDF.


Osvaldo Rodrigues
nasceu em Apucarana/PR. Vive há muitos anos na capital paulista. É tecnólogo, microempresário, poeta e romancista. Seus primeiros poemas foram publicados pela Editora Grafik, na 1ª Coletânea ilustrada de poesias inéditas (1976). Editou, por conta própria, seus três livros de poesia: Voo Singular (1979), Mascando esperanças com dentes de vidro (1983) e Fôlego (1985). Seu primeiro miniconto, “Precipício raso”, foi publicado no livro digital E-contos (Editora Ficções/Gato Sabido, 2010).
Exercícios Ilusórios é seu primeiro romance.


O AUTOR

Reprodução

PARA COMPRAR
DIRETO DA EDITORA FICÇÕES

preço de capa: R$ 34,90
     Sacola

Pague com o PagSeguro UOL

EXERCÍCIOS ILUSÓRIOS, de Osvaldo Rodrigues


Compre direto da editora, frete grátis (exclusivamente pela editora), e pague de forma segura e rápida pelo PAGSEGURO UOL: cartão de crédito, débito ou boleto.
Clique no botão abaixo:




À VENDA TAMBÉM NAS MELHORES LIVRARIAS
O preço é definido pela livraria de sua preferência

Clique aqui para comprar na Livraria Cultura

Clique aqui para comprar na Livraria Saraiva

Clique aqui para comprar na Livraria Siciliano

Clique aqui para comprar na Livraria da Travessa

Clique aqui para comprar na Livraria Martins Fontes

Clique aqui para comprar na Livraria BookStop

Clique aqui para comprar na Livraria Leonardo da Vinci

Clique aqui para comprar na Livraria da Vila

Clique aqui para comprar na Livraria Martins Fontes

Clique aqui para comprar no Buscapé

Ou em uma livraria perto de você.


Marcadores



VOLTA SOBE
FICÇÕES - Porque a vida não basta